Correio Codoense

Prefeitura distribui 20 toneladas de peixes para a semana santa em Codó e reúne milhares de pessoas no Guarapary

Prefeito Zito participa da embalagem dos peixes
Prefeito Zito participa da embalagem dos peixes

A Prefeitura de Codó distribuiu 20 toneladas de peixes tambaqui às famílias cadastradas em programas sociais para a Semana Santa. A ação aconteceu na manhã desta quarta-feira (1º) nas dependências do Guarapary e logo cedo, ilhares de pessoas já lotavam as imediações do antigo clube de Codó para receber o alimento.

Codoenses fazem filas para receber os peixes da semana santa
Codoenses fazem filas para receber os peixes da semana santa

Esta ação tem um valor social muito importante para as famílias codoenses, já que o peixe é prato indispensável nesse período. Por isso, mantendo a tradição municipal, a distribuição, em mais um ano, alcançou um grande número de beneficiados.

Nas primeiras horas da manhã de hoje, como de costume, o prefeito Zito Rolim, na companhia da filha, a Secretária de Assistência Social, Cynthia Rolim e colaboradores da prefeitura, foi até a Secretaria de Infraestrutura onde os peixes ficaram armazenados e, pessoalmente, ajudou a colocá-los nas embalagens e em seguida, partiu para o local de distribuição onde também participou do processo de entrega para as famílias que formaram enormes filas a espera dos peixes.

Polícia Civil apreende 20 carros de luxo em Codó da ex-prefeita de Dom Pedro presa na Operação “Imperador”

Foto: Ascom
Foto: Ascom

As investigações sobre a rede de agiotagem no Maranhão resultaram em duas prisões, nove mandados de condução coercitiva e 38 mandados de busca e apreensão no estado. A operação denominada”Imperador’ resultou na prisão da ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros Costa, acusada de envolvimento na prática de agiotagem e licitações fraudulentas, que culminaram no desvio de mais de R$ 5 milhões dos cofres públicos.

As investigações também revelaram o envolvimento de Alfredo Falcão, filho de Arlene, Rodrigo Manso, sobrinho da ex-gestora, e João Cavalcante Neto, funcionário utilizado como laranja no esquema de corrupção. Os três acusados já receberam mandado de condução coercitiva.

Veículos apreendidos
Veículos apreendidos

Na casa de Arlene, em São Luís, foram apreendidos quatro veículos e um montante de documentos falsos. Em Codó, vinte carros de luxo da ex-prefeita foram retidos pela polícia. Mais de dez empresas fantasmas criadas por Arlene e a família foram descobertas com registros falsificados. O filho da ex-prefeita, Eduardo DP, conhecido no município por ‘imperador’, está sendo investigado por envolvimento direto em fraudes de procedimentos licitatórios, utilização de documentação falsa (identidade e CPF) e CNPJ’s fantasmas. Ele é considerado o líder da quadrilha na área.

O foco da agiotagem e licitações fraudulentas em Dom Pedro era a distribuição de merenda escolar e medicamentos. O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, afirmou que as investigações no município continuam e que nos próximos dias novos fatos serão acrescentados ao processo. “Em Dom Pedro aconteceu a primeira etapa de uma investigação contínua sobre corrupção e agiotagem no Maranhão. A morte de Décio Sá foi uma referência para as investigações sobre este crime e vamos dar continuidade ao desbaratamento destes grupos corruptos. Estamos retomando as investigações para finalizar tudo. O trabalho não irá parar“, enfatizou o secretário.

Processo de investigação

Ex-prefeita presa na Operação

Segundo o secretário Jefferson Portela, o dinheiro público era desviado para o pagamento de agiotas envolvidos nos esquemas fraudulentos. “Encontramos vários cheques de prefeituras que estão sendo investigadas. Neste governo não haverá tolerância com a corrupção e a diretriz do governador Flávio Dino é para que haja uma apuração radical no combate a uso ilegal do dinheiro público. Retomamos as investigações, e a Polícia Civil está preparada para concluir e encaminhar o resultado final ao poder Judiciário“, explicou o secretário.

O delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros, explicou que está obtendo provas para compor o processo da Prefeitura de Dom Pedro. “Estamos no momento de recolhimento de material coletado a partir de buscas de apreensões, as oitivas dos conduzidos e presos para que possamos fechar o conjunto probatório. É um trabalho interno muito forte e em seguida, vamos fechar este procedimento e dar continuidade as investigações em outros municípios. A rede de agiotas presa à época da morte de Décio Sá revelou muito material, que sendo aproveitado. Vamos transformar em provas para que possa culminar em acusações contundentes“, assinalou o delegado.

Combate à corrupção

O secretário antecipou que em abril a Secretaria de Segurança Pública inaugura a Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção, que acompanhará de perto os processos de investigação relacionados ao mau uso do dinheiro público e agiotagem. “A superintendência dará um novo gás às investigações e permitirá o acompanhamento dos passos para compor os processos probatórios“, disse Portela.

Fonte: Agência Ascom

Vereador fala de problemas nas ruas de Codó e denuncia a falta de iluminação pública nos bairros da cidade

Vereador rodrigo Figueiredo (PDT)
Vereador rodrigo Figueiredo (PDT)

O vereador Rodrigo Figueiredo (PDT) foi à Tribuna da Câmara Municipal na noite de segunda-feira (30) e apresentou vários problemas administrativos que, segundo o Parlamentar, estão afetando a população de Codó. O pedetista lamentou o caos enfrentado por moradores em alguns bairros da cidade, sobretudo na região periférica, onde falta infraestrutura. A maior reclamação atualmente, segundo Rodrigo é por causa das chuvas.

Rodrigo tratou das reclamações que tem recebido dos codoenses que se dizem prejudicados por estarem vivendo a muita lama provocada pelas fortes chuvas dos últimos dias. A TV Cidade (Record) tem exibido diariamente reportagens onde mostra a situação das ruas de Codó e a insatisfação das famílias com a administração pública.

Tivemos a oportunidade de usar a Tribuna da Câmara para tratarmos da questão do abandono que o Governo vem impondo em muitos bairros e muitas ruas importantes. Nós que conhecemos e andamos pela cidade temos observado os bairros Nova Jerusalém São Francisco, Santo Antônio, que estão em completo abandono, em estado de conservação deplorável e isso é inadmissível e ficamos entristecidos por isso, porque o governo de Codó arrecada muito dinheiro para prestar um bom serviço, mas, infelizmente, na questão de infraestrutura vem deixando muito a desejar“, disse Rodrigo.

Mas não foi só a pavimentação  das ruas, a única cobrança feito pelo edil, Rodrigo também denunciou a situação das ruas que, além de não terem asfalto, não tem iluminação pública.

É lamentável a situação de muitas ruas de Codó. Todo mês, cada morador de Codó, paga taxa de iluminação pública que é arrecadada pela prefeitura, cada família, quando paga sua conta de energia elétrica, lá está a taxa embutida com a cobrança, única e exclusivamente para prestar um bom serviço de iluminação pública. Porém, é muito fácil constatar que isso não vem acontecendo. Bastar dá uma volta pela cidade, pelos bairros centrais, na periferia da cidade para vermos a precariedade, a falta de serviço de iluminação e, por isso, estamos aqui de maneira respeitosa, mas firmes para seguir cobrando benefícios para a população codoense“, finalizou o vereador.

Ascom – Vereador rodrigo Figueiredo

Biné Figueiredo para tradição de anos e não vai distribuir peixes para os codoenses nesta Semana Santa

Distribuição de peixes no ano passado

Não sabemos informar com exatidão, mas podemos afirmar que o ex-prefeito Biné Figueiredo há anos mantinha uma tradição que beneficiava milhares de pessoas sempre neste período da Semana Santa com a distribuição de peixes. A festa do peixe, um dos principais componentes do prato dos codoenses nesta época, já estava na programação das famílias do município que costumavam enfrentar horas na fila para receber o alimento e, diga-se de passagem, sempre foi um das distribuições de maior qualidade dentre as que vinham sendo realizadas nos últimos anos.

Biné trazia e entregava ao seu povo peixes criados em sua piscicultura, que faz do ex-prefeito, um dos maiores criadores de peixes do Nordeste brasileiro. Tido como um marco da carreira política do ex-prefeito, este ano, milhares de famílias ficarão órfãs do alimento doado por Biné. Com a interrupção na distribuição pelos Figueiredos, vai caber agora ao município, ou seja, ao prefeito Zito Rolim, a missão de assistir a um número maior de pessoas este ano com a distribuição de peixes.

Como o empresário Francisco Nagib, que também passou a entregar peixes para os codoenses desde 2011, realizou a distribuição ontem (terça-feira), hoje será a vez de Zito Rolim, por meio da Secretaria de Assistência Social, garantir o alimento à população. O Blog tentou contato com a assessoria de Biné para saber o motivo pelo qual o ex-prefeito não fará a entrega de peixes este ano, mas conseguimos apenas a confirmação da não distribuição.

Governo anuncia eleições de diretor para o mês de junho e candidatos devem ser servidores públicos do Estado

O governador Flávio Dino anunciou na tarde desta terça-feira, 31, que as primeiras eleições para diretor de escola no Estado acontecerão no dia 19 de junho. O edital que vai regulamentar o processo seletivo democrático para a função de gestão escolar das unidades de ensino da rede pública estadual será divulgado, nos próximos dias. O processo é regulamentado pelo Decreto Nº 30.619, assinado pelo governador logo após a posse.

Para referendar a importância da liderança comunitária do gestor escolar, a eleição envolverá professores, funcionários, estudantes e pais. O processo será antecedida e sucedida por um processo formativo dos gestores das escolas, no âmbito Programa ‘Escola Digna’, definido pelo governador Flávio Dino como política macro-educacional do Maranhão.

Com as eleições nas escolas, o governo abre mão de um poder e coloca-o nas mãos da comunidade. Estamos partilhando o poder para exercê-lo melhor. Além disso, aumentamos o valor das gratificações dos gestores escolares. Queremos que eles sejam líderes de um novo momento na educação maranhense“, enfatizou o governador.

A eleição direta para diretor de escola é parte de um amplo conjunto de ações desenvolvidas pelo atual governo para melhorar os indicadores educacionais do Estado, que prioriza a valorização de professores e gestores escolares. “Aumentamos o valor das gratificações dos gestores escolares. Queremos que eles sejam líderes de um novo momento na educação maranhense“, disse Flávio Dino.

A secretária Áurea Prazeres (Educação) destacou que o processo se baseou no plano de melhoria da escola. “A escola é um espaço de construção de saberes e formação cidadã, por isso não cabe uma escolha de gestores que não seja pelo princípio democrático e participativo. A eleição é um processo que segue critérios que vão desde a inscrição, escolha e acompanhamento de alcance das metas apresentadas pelos gestores no plano de melhorias da escola; a realização de processo formativo dos gestores escolares, instituindo a certificação e acompanhamento da prestação de contas da gestão. Isso irá alterar significativamente a gestão educacional e o espaço escolar e, consequentemente, a qualidade da educação“, explicou.

Candidatura

Os interessados em se candidatarem para a função de Gestor/Diretor Geral e Gestor Auxiliar/Diretor Adjunto deverão preencher os critérios exigidos nos termos do edital. São eles: ter Licenciatura Plena ou Graduação em Pedagogia; ser efetivo na rede pública estadual; ter pelo menos três anos de efetivo exercício do magistério; estar em efetivo exercício na escola há pelo menos seis meses, comprovado por meio de declaração do chefe imediato e comprovar que não esteja em processo de aposentadoria.

Secretaria de Esportes do Estado escolhe Caxias para sediar etapa regional dos jogos Escolares Maranhenses

Em reunião realizada nesta segunda-feira (30) no auditório do Ginásio de Esportes Governador João Castelo, com a coordenadora de esporte educacional da SEDEL, Rosiléa Cutrim, o município de Caxias foi confirmado como sede da etapa Leste dos Jogos Escolares Maranhenses – JEM´s 2015.

Antes realizada em Codó, agora JEMS será em Caxias
Antes realizada em Codó, agora JEMS será em Caxias

O encontro contou com a presença de gestores dos municípios de Timon, Aldeias Altas, Afonso Cunha, Coelho Neto, São João do Sóter, Codó, Água Doce do Maranhão, Chapadinha, Milagres do Maranhão, Peritoró e Alto Alegre do Maranhão.

A etapa está programada para acontecer entre os dias 19 a 26 de julho, reunindo mais de mil atletas disputando nas modalidades de beach soccer, futsal, basquete, futebol, voleibol, handebol. A cidade organizadora da etapa regional tem que disponibilizar as instalações esportivas adequadas às competições, alojamentos e transporte interno para atletas e técnicos que não residam no município.

De acordo com a secretária de Esportes de Caxias Aureamélia Soares a vinda da etapa Leste dos JEMS para Caxias é um ganho para o município. “Além de revelar novos talentos do esporte estadual, a competição ajuda a divulgar a cidade sede, principalmente toda a estrutura esportiva existente em Caxias”, enfatizou a secretária.

Outros assuntos discutidos na reunião foram às mudanças no regulamento e prazos para entregas de documentos dos alunos inscritos. Todo o cronograma dos JEMs, assim como outras informações, está disponível no site da Sedel. O endereço eletrônico é o www.sedel.ma.gov.br.

Confira abaixo o cronograma de atividades dos Jogos Escolares Maranhenses 2015:

– 04 de abril a 31 de maio: realização da etapa metropolitana;

– 04 a 29 de julho: realização das etapas regionais (Regional Nordeste, Regional Sul, Regional Oeste, Regional, Regional Centro Leste, Regional Noroeste);

- 03 a 20 de agosto: realização da etapa estadual infantil;

- 10 de setembro a 01 de outubro: realização da etapa Infanto.

Ação Social: Bloco “Vivo Bebu” beneficia catadores do lixão de Codó com cestas básicas

Quando alguém faz o bem sem, antes, olhar a quem, temos aqui, a obrigação de divulgar esses feitos porque consideramos ações desse tipo como iniciativas que podem até elevar a popularidade de quem faz, porém não é maior do que o benefício feito àquelas pessoas que as recebem. Pois bem, hoje estamos tratando de um belo ato do jovem publicitário Milton Buzar, organizador do Bloco “Vivo Bebu”.

Bloco "Vivo Bebu" distribui cestas a catadores
Bloco “Vivo Bebu” distribui cestas a catadores

Milton realizou esta semana uma AÇÃO SOCIAL que teve as famílias que vivem do que arrecadam catando lixo, no lixão de Codó, para sustentar seus filhos como benefiárias. É um trabalho que não os fazem menores que ninguém, mas pela precariedade e toda a falta de segurança dentre outros tipos de assistência que deveriam ter, mas não tem, certamente sentem-se felizes quando pessoas tomam atitudes como a que estamos expondo aqui.

De acordo com informações postadas por Buzar em sua página pessoal, no Facebook, a inicitiva faz parte da programação do Bloco que sai durante dois dias no carnaval de Codó e a cada ano arrasta mais foliões para as ruas.

Missão cumprida!! A Ação social do Bloco Vivo Bebu escolheu as famílias do lixão para serem contempladas com 40 cestas básicas. Obrigado a todos os parceiros e amigos que contribuíram para que juntos conseguíssemos mudar um pouco da realidade dessa classe tão trabalhadora e ao mesmo tempo tão sofrida. Fazer o bem nos faz bem, coração bastante feliz por poder ajudar o próximo. Missão em 2015 foi cumprida. Feliz páscoa!!!“, escreveu o organizador do Bloco Vivo Bebu.

César Pires e Francisco Nagib participam de atividade do Governo do Estado em Codó

De acordo com informações da assessoria de comunicação do Governo do Estado, existem 287.039 imóveis rurais passíveis do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Maranhão, perfazendo uma área de mais de 13 milhões de hectares. Cerca de 90% desses imóveis pertencem a agricultores familiares, que são o foco do mutirão promovido pelo Estado.

Francisco Nagib, empresário: FCTV

Neste mutirão, vários municípios estão sendo visitados para que estes proprietários, pequenos ou não, façam O CAR  que é o registro público eletrônico obrigatório das informações ambientais dos imóveis rurais do Brasil, cujo prazo se encerra no final de maio.

Os produtores que não fizerem o cadastro estão passíveis de sanções por parte do Governo Federal. Os produtores que aderem contam com vantagens como base de dados para planejamento do imóvel e sua produção, juros menores no financiamento rural e melhores condições para aquisição de seguro agrícola.

Em Codó este evento ocorreu ontem (29) no Clube dos Arrumadores, do qual participaram o empresário Francisco Nagib e o deputado estadual César Pires, além do secretário de Estado do Meio Ambiente, Marcelo Coelho.

Nagib elogiou a iniciativa do Estado e disse estar apoiando-a por beneficiar, diretamente, aqueles que vivem do que a terra produz no campo.

É importante porque o homem do campo venha regularizar as suas terras, vem dá benefício ao homem do campo e isso é de extrema importância, a gente apoia um projeto como este que tem aí a frente, também, um grande homem, um exemplo, que é o Talmizinho, guerreiro, pessoa de alta experiência e que possui amor por esta classe rural e nós só temos  a apoiar, tudo que vier de bom para o homem do campo, para que ele possa aumentar sua produção, possa ter financiamentos a gente tem que aplaudir e apoiar“, disse

Foto: reprodução de TV

O deputado estadual César Pires reafirmou seu compromisso com os agricultores do Estado e de sua terra natal, Codó.

Eu, como autoridade, me sinto um aliado histórico da federação dos agricultores do Estado do Maranhão. Meu gabinete tem servido, sistematicamente,como sustentáculo político da federação, prova disso é que os projetos de lei passam por nós e nós é que assinamos, nós é que discutimos com a federação, nós é que discutimos com a Confederação Nacional da Agricultura e daí nós levamos isso à Assembleia. Só pra você ter uma ideia da grandeza, o meu gabinete na secretaria, e você viu eu dizendo isso aqui, é a serviço dos agricultores do Maranhão”, afirmou.

Do Blog do Acélio