Daily Archives: 05/06/2017

Prefeito visita obras do HGM e fala sobre a parceira com o Hospital Albert Einstein de São Paulo

O prefeito de Codó, Francisco Nagib, visitou neste fim de semana as obras de reforma e ampliação do Hospital Geral Municipal de Codó (HGM). Acompanhado pelo secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural, Roberto Albuquerque, e de representantes do Poder Legislativo, o prefeito vistoriou uma das salas, que terá seis leitos de semi UTI, uma novidade do HGM há muito esperada pela população. “Agora teremos uma semi UTI, com seis leitos. muito necessária para nossa cidade”, comentou o prefeito.

Outra boa notícia que o prefeito Nagib fez questão de anunciar foi sala com equipamentos comprados que interligará, em tempo real, o Hospital Geral Municipal de Codó com um dos melhores hospitais do mundo, o Albert Einstein, de São Paulo. “Equipamento de alta definição para vídeo conferência, para que os médicos interajam com os pacientes. O médico do Hospital Albert Einstein vai poder conversar ao vivo, em tempo real, com os pacientes de Codó”, explicou Idenilson Cunha, responsável pelo setor de TI.

A diretora do HGM, Ester Moura, explicou que, em tempo real, médicos de Codó vão poder receber a opinião profissional de companheiros da medicina do Einstein, em São Paulo. Esta interação será crucial, sobretudo, em casos de urgência. A diretora ressaltou que os médicos de São Paulo poderão orientar sobre a melhor conduta a tomar em casos como o de infarto, Acidente Vascular Cerebral hemorrágico e muitos outros procedimentos que precisam de um diagnóstico urgente, para que aquela vida seja salva.

Estamos muito avançados com as obras, com muitos novos equipamentos chegando. Este especificamente é um equipamento de vídeo conferência, em tempo real. o Einstein é um hospital de referência particular de São Paulo que tem convênio com o Ministério da Saúde. Sua política é de levar a medicina de ponta, a medicina de alta qualidade integrada aos hospitais que fizerem esta adesão. Então foi importante o prefeito aderir e ter essa preocupação de trazer uma medicina de qualidade para os pacientes que vão passar pelo hospital

Para o prefeito Nagib, as obras e os novos equipamentos que chegarão ao HGM, juntamente com a parceria com o hospital Albert Einstein, ficarão na história da saúde do município de Codó. “Voltamos ao HGM, onde estamos acompanhando e podendo perceber as evoluções nas obras, que estão gerando muitos empregos para nossa cidade. Também estamos analisando o quanto está novo, diferente e ampliado o nosso HGM, um hospital grande e que atende também nossa região. Estamos aguardando o convênio com o governo do Estado e a presença do governador para a inauguração. Outra boa notícia serão muitos novos equipamentos que irão chegar, assim como esses da semi UTI, e essa importante parceria com o Hospital Albert Einstein, que será um marco ara nossa saúde”.

Ascom – PMC

 

No Maranhão, vacina contra a gripe será disponibilizada para toda população

A Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão irá seguir a recomendação do Ministério da Saúde para disponibilizar vacinas contra a gripe para todas as faixas etárias. Em nota, a Ses informou que seguirá tendo como primeiro alvo os grupos prioritários, mas afirmou que irá oferecer vacinas para a população em geral. A disponibilização no estado será realizada a partir desta segunda-feira (5).

Recentemente, o Ministério da Saúde informou que cada estado terá autonomia para decidir se amplia ou não a vacinação contra a gripe para toda a população. A ampliação do calendário também fica a cargo dos poderes estaduais.

As doses que ficarão disponíveis para todas as faixas etárias já estão com a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão. A Ses informou que “não haverá nova dispensação de lotes de vacinas, sendo, portanto, aplicadas nesta última semana de campanha as doses já repassadas pelo Ministério ao Estado”.

No Maranhão, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão, foram aplicadas mais de 1,16 milhão de doses, equivalente a 76,73% do público-alvo. A estimativa da Ses é alcançar 90% de vacinação dos grupos prioritários.