Biné “arrebenta” mais uma vez com caminhada…

O candidato do PDT, Biné Figueiredo mais uma vez mostrou força em seus eventos de campanha. A turma da nação Vermelha saiu pelas ruas da cidade em caminhada.

A concentração foi na pracinha da rua Rio Grande Norte, o espaço ficou pequeno para tanta gente que decidiu participar de um que marca os últimos eventos de campanha do candidato.

BINEZETE EUFÓRICO…

Ao ligar para um dos eleitores do meu amigo Biné, aqueles que são capazes de saber até quantas passadas o candidato deu nesse período de campanha eleitoral por estar presente em todas e ser fã incondicional do 12, quis saber como tinha sido a festa vermelha nesta quarta-feira, a resposta que obtive foi a seguinte – “você viu a primeira caminhada da libertação?” – Sim!, respondi. “Pois foi maior que a caminhada da independência”, concluiu o nosso fanático binezete.

Confesso que gosto de ver essa paíxão avassaladora dos eleitores do nosso velho Biné…

CODÓ – Juiz lacra urnas eletrônicas…

imageO juiz Pedro Guimarães júnior, titular da 7ª Zona Eleitoral, participou do ato de carregamento e lacre das urnas eletrônicas que serão instaladas em prédios publicos do município, neste sábado, para a votação no domingo, data das eleições municipais.

Ao todo, serão 145 sessões eleitorais, distribuídas em 24 locais de votação.

Dr. Pedro Guimarães, contou com a ajuda do chefe de cartório da 7ª Zona, Fábio Humberto Cantanhede e dos mesários que irão participá do processo eleitoral em 07 de outubro. Estavam presentes, apenas alguns dos 580 mesários e 25 supervisores de prédio que estarão trabalhando com o juiz no dia das eleições.

Além da presença da imprensa, também esteve fiscalizando o processo de carga e lacre das urnas, o assessor de campanha do candidato Zito Rolim, o advogado e procurador do município, Ricardo Torres.

image

Mídias que foram instaladas nas urnas que irão contabilizar os votosd dos eleitores em 7 de outubro

Zito conseguiu adiar entrevista de Camilo…

FORA DO AR! Assim ficou durante todo o dia desta quarta-feira (03) a TV Cidade, emissora de propriedade da família Figueiredo. A cidade estava em polvorosa para assistir entrevista anunciada com o deputado estadual, Camilo Figueiredo (PDT). A expectativa tem uma razão, certamente o deputado iria aproveitar o espaço para apontar o prefeito Zito com um político desonesto – comprador de votos.

O prefeito conseguiu calar Camilo, mas só por 24h. Na segunda-feira (01), a emissora do deputado passou o dia e a noite exibindo imagens que arranham a “integridade” moral do candidato à reeleição. Nos famosos vídeos, Rolim aparece, ora dando supostamente dinheiro a eleitores e ora conversando com o produtor das imagens – neste último, Zito diz que dá dez, vinte, trinta, cinquenta e ainda oferece cachaça aos eleitores.

A justiça ouviu os argumentos do prefeito e puniu a emeissora (TV Cidade) com suspensão da programação por um dia. Mas amanhã (quinta-feira, 05), se nada chegar de novo para impedir a entrevista, Camilo deverá soltar o verbo. o deputado como “bom” político que é, não vai deixar de desabafar contra o adversário de seu pai. Camilo não irá perdoar Zito Rolim, que convenhamos tem mergulhado num poço de ações que mancham sua reputação enquanto gestor público.

O QUE PODEM SER OS PODRES DE ZITO….

– O prefeito é acusado de desviar mais de UM MILHÃO e MEIO de reais do programa glaucoma; responde por processo na justiça federal por indícios de irregularidades em aplicação de reucrsos da saúde e FUNDEB e; o mais recente escândalo que é o caso da suposta compra de votos dentre outros.

Tudo isso deve ser lembrado pela oposição? Sim, claro, não há dúvida, mas não para tirar dividendos políticos em cima disso. O povo-eleitor tem de ser alertado e o apontador de tudo isso tem de ser uma pessoa isenta de feitos e/ou acusações parecidas. Camilo deve ser esse indicador?

A SAGA DA FAMÍLIA FIGUEIREDO…

Aqui não relacionarei nada contra Camilo porque alguns, são tão recentes e outros não, que ainda repercutem…

Clique sobre a imagem para ampliá-la

Eu disse que tem caso mais recentes, então veja:

Zito, se errou mesmo a justiça vai dizer e se cuplado será punido.

Francisco Nagib e Zé francisco voltam ao Santo Antônio

As atividades dos candidatos estão chegando ao fim. Nesta quarta-feira, o candidato a prefeito Francisco nagib e seu vice, Zé Francisco voltaram aobairro Santo Antônio, onde reside uma das populações mais carentes de serviços públicos na cidade de Codó.

O candidato levou sua caravana e se juntou ao povo daquela região que sairam pelas ruas do bairro em manifestção e apoio com a candidatura de Nagib.

Francisco encerrou hoje sua participação no rádio e na TV com a propaganda eleitoral e pela avaliação do candidato no quesito propostas e qualidade foi superior aos dos adversários. Nagib está confiante na vitória, no dia 07 de outubro, juntamente com sua equipe de trablho.

Por volta do meio-dia, o candidato se reuniu com parte de sua equipe de produção de mídia da campanha num almoço, oferecido, com a participação do candidato, na Casa da Picanha, onde assistiu ao lado de seus produtores o último programa eleitoral.

Veja foto da caminhada realizada na tarde/noite de quarta-feira.

 

Blog lança enquete mais segura e suspende antiga por indício de fraude

Rackers fraudam enquete…

Amigos leitores que votaram em nossa enquete, vimos através deste informar que a antiga pesquisa foi suspensa.

Lançamos no ar uma consulta sibernética para sabermos a intenção de voto do nosso web-leitor. A intenção era que apenas fosse computado um voto por computador (cookies), mas, infelizmente não foi possível. Estávamos instalados num servidor que peritui com que rackers adulterasse o sistema da enquete e fazendo com que houvessem votos repetidos de uma mesma máquina.

A FRAUDE

A fraude funcionava da seguinte forma: quando o leitor votava e tentava novamente, não conseguia, mas bastava encerrar o navegador, que ao conectar novamente à página do Correio, conseguia repetir o voto.

O blog conseguiu descobrir, porque uma pessoa liagada a um dos candidatos revelou que tinha votados várias vezes e disse como funcionava o esquema para favorecer um candidato.

a redação seguiu as indicações do suposto racker e confirmou a adulteração no sistema de votação. Imediantamente suspendemos a enquete.

NOVA ENQUETE

Para que seja feito justiça e que realmente prevaleça a vontade do leitor, resolvemos criar um sistema de votação próprio do blog que não tem brecha para que pessoas má intencionadas consigam invadir. Dessa vez, nossa pesquisa está instalada diretamente em nosso administrador, ou seja, apenas a redação tem acesso.

SÓ UM VOTO POR IP

Na configuração da consulta anterior, era permitido que outras máquinas (computadores) ligados a um mesmo ponto de internet registrasse voto. Agora não pode. Quem votar uma vez num computador, aquele voto será único, ou seja outros usuários em máquinas diferentes, mas que estjam ligadas ao mesmo ponto de internet, não poderão votar mais.

Agora vai prevalecer a opinião do leitor-eleitor sobre seu candidato. A enquete vai até às 23h59 de sexta-feira (05). O resultado, que pode ser acompanhado em tempo real pelos leitores, vai ser publicado no sábado, de manhã.

VOTE e eleja na internet o seu candidato…

PM apreende documentos falsos no residencial Santa Rita

Major exibe documentos falsos apreendidos

O major titular da 9ª CI de Polícia Militar de Codó, Jairo Xavier fez apreensão de documentos falsos na madrugada desta quarta-feira (03), no residencial Santa Rita.

A PM foi averiguar e constatou a denúncia. Jairo Xavier apreendeu o material – 11 carteiras de identidade, 23 títulos e uma carteira de trabalho, todos falsos.

O comandante do Polícia Militar informou à imprensa que além da apreensão dos documentos, a PM coletou depoimentos de testemunhas que chegaram, inclusive, a revelar nomes de pessoas que teriam distribuído a documentação falsa pelo Residencial.

Major, Jairo Xavier não quis divulgar quem são as pessoas citadas pelas testemunhas, mas disse que fará encaminhamento do material e a denúncia das testemunhas à justiça eleitoral, juntamente com os nomes dos supostos autores da ação.

VÍDEOS – Zito foi professor, mas voltou para o primário…

Zito mostra para Teó como é abordado pelos eleitores até a entrega de dinheiro.

Quem ver o prefeito Zito, aquele que ensinou o professor Galvão que recursos eletrônico estão aí para serem usados, esqueceu que ele também passaria por uma prova mais tarde. Zito foi reprovado. Cometeu  erros primários e agora corre risco de ser expulso.

O prefeito desmascarou o professor em praça pública. O chantagista, disfarçado de educador, ficou ridicularizado e ainda virou motivo de chacota na internet. Zito fez errado? NÃO, o prefeito agiu com extrema correição. Afinal, se não tivesse dado um basta e entregue o professor, quem sabe onde isso poderia chegar?

Assim como o professor caiu, Zito não fez diferente. Lógico o prefeito não fez isso só agora porque está numa acirrada campanha eleitoral isso é característico de todos os gestores desse Brasil, da mesma forma que existem inúmeros GALVÕES por aí.

O que Galvão estava fazendo era chantagem contra o prefeito – isso é crime.

O que Zito estava fazendo era uma prática corriqueira, mas, agora, principalmente durante o processo eleitoral, não deve ser feito – isso é crime eleitoral (compra de votos).

BIG BROTHER CODÓ

O que Zito também deveria saber era que aqueles recursos, e dessa vez bem mais sofisticados que além de captar áudio também mostrou em imagens, poderiam ser usados agora – com um detalhe: ele era o alvo, assim como foi Galvão.

E não dá para acreditar que o prefeito foi tão pueril, a ponto de ele mesmo entregar o dinheiro e ainda carregar com ele um caixa humano móvel – fulano, resolve aí.

A ASTÚCIA DE TEÓ

Zito ensinou e Téo, foi um bom aluno à distância, sabe aqueles cursos por vídeoconferência ou via intenet? Pois bem, Teó assistiu pela televisão e decidiu testar nosso prefeito. Não deu outra!

A anti-primazia de Zito foi mais além. Ele já havia sido gravado e não seria de surpreender se houvessem outros registros. Como se não bastasse o prefeito vai a uma empresa de monitoramento (por ‘coincidência” a mesma que o flagrou) fazer sabe-se lá o quê.

O prefeito foi mais cauteloso, olhou para as paredes e o teto, não viu nada e soltou o verbo – resultado, lembra do que aconteceu com o professor Galvão? Pois bem, com Zito está acontecendo pior. Galvão pediu pra sair e Zito, agora, corre o risco de ser expulso – se assim a justiça julgar procedente as provas anexadas nas representações que já estão sendo investigadas pelo Ministério Públio Estadual.

Compra de voto é crime. O político pode levar até quatro anos de prisão e ter o mandato cassado.

Violência aumenta na reta final da campanha em Codó

Parece que os cidadãos codoenses estão revivendo o que passaram em 2008, quando trabalhadores de campanha, do então candidato a prefeito, Zito Rolim (PV), sentiram na pele e derramaram sangue da cabeça, a manifestação violenta protagonizada por assessores do então prefeito da época e candidato à reeleição, Biné Figueiredo.

Em Codó o fanatismo cega pessoas ligadas a alguns candidatos. E a sina de violência nas ruas em plena campanha está se confirmando que é de quem estar no poder cair em desepero e decidir partir para o tudo ou nada. O povo de Zito sofreu há quatro anos, agora o povo de Biné tem de volta o que deu para o candidato adversário de 2008, como se fosse um recado e a triste confirmação de violência gera violência e pior, até as mais simples e humildes das criaturas pode se transformar em demolidora – “Z DE VINGANÇA“.

Na manhã desta terça-feira, lá estava na delegacia, o pessoal de Biné com o queixo quebrado e derramando sangue, de mesmo jeito que ocorrera na eleição passada, apenas as vítimas de ontem viram os vilões de hoje e os temíveis de 2008 viram saco de pancada dos que saíram como heróis em outrora.

E A JUSTIÇA?

Será se tomará as mesmas medidas de 2008? A força federal só chega na quinta-feira, até lá tudo pode acontecer. O recomendável é que as pessoas de bem dessa cidade se recolham, não manifeste seu lado partidário, porque tem gente pronta pra evitar que esses cidadãos vão às urnas no próximo domingo.

Aqui, gostaríamos de pedir a juiza Stela Pereira e promotores, ou seja, os senhores da justiça que tomem providências, antes que o sangue jorre pelas calçadas. Está na hora de suspender a campanha eleitoral – isso virou caso de URGÊNCIA!