Polícia Civil de Codó recebe laudo do IML sobre morte do motorista Francildo

O laudo do exame cadavérico emitido esta semana pelo Instituto Médico Legal de Timon – IML não revelou a causa-morte do motorista Francildo dos Santos, 30 anos encontrado morto no dia 16 de agosto dentro de um riacho na zona rural de Codó.

O IML não encontrou elementos no corpo que podem ter caracterizado a morte de Francildo o que, segundo a polícia civil, descarta a possibilidade de assassinato e leva a crer que a morte possa ter sido provocada por infarto ou outra casa natural.

O delegado Rômulo Vasconcelos informou que o laudo do IML ainda não conclui o inquérito visto que, tem pessoas que estavam no local e ainda não foram ouvidas e que podem esclarecer o que, de fato, ocorreu com a vítima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.